sexta-feira, 29 de maio de 2015

Como era a homossexualidade na história?

homossexualidade-e-a-historiaUma coisa todos precisam entender: a homossexualidade sempre existiu! Porém, em cada época ela foi vista de uma forma bem diferente daquela que conhecemos hoje. Assim afirma o escritor e bacharel em psicologia Fabrício Viana na página 63 e 64 de seu livro O Armário:




"Nas tribos primitivas da Oceania, um dos estudos mais antigos já realizados pelo homem (cerca de 35.000 anos atrás) deixa claro a existência do relacionamento sexual entre pessoas do mesmo sexo, onde os mais velhos iniciavam os mais jovens na vida adulta."



E ainda:

"Assim como os Kiman e outros povos desta mesma região, os Marind acreditavam que somente com a penetração anal e com o sexo oral o jovem poderia receber a semente (esperma) e assim tornar-se um adulto, tão vigoroso quanto quem o estava iniciando. Esta relação durava de 3 a 4 anos aproximadamente. Após este período, o jovem passava a ser visto como adulto e poderia formar sua família."



E em mais um trecho:




homossexualidade-historia"Entre seus rituais, ainda entre os Marind, um bastante curioso era o Sosom. Sosom era um gigante castrado que usava um colar de cabeças ao redor do pescoço. Um grande phalo vermelho, representando seu pênis, ficava em uma área da floresta onde os meninos eram levados até ele pelos homens e sem a presença das mulheres.  Então, com base nesse ritual, os homens mais velhos dançavam com os garotos ao redor do phalo e iniciavam uma grande orgia masculina, onde qualquer adulto poderia penetrar um dos meninos iniciados. Relações semelhantes foram encontradas entre os Sambias e os Grande Nambas, do interior da ilha de Malekula (uma das ilhas que compõem a Melanésia), onde a penetração ou ingestão do esperma também representava a possibilidade de transmissão de virtudes como a bravura, coragem e qualidades para a guerra e a caça dos mais velhos aos mais jovens. A história nos mostra ainda que alguns líderes dos Grande Nambas mantinham relações com uma quantidade grande de garotos, procurando pouco suas esposas."



Interessante não? E tem mais. Segundo o autor, em cada época e região (Grécia, Roma, etc) a homossexualidade tinha uma "função" ou era vista de forma "diferente". Até mesmo na Idade Média onde ela foi considerada crime. Por isso é importante as pessoas entenderem mais sobre o que é, de fato, a homossexualidade. Quem quiser, leia a relação que fizemos dos livros que você precisa ler sobre a homossexualidade.


Ou leia O Armário, do nosso colaborador Fabrício Viana, que já tem mais de 4.000 exemplares vendidos.

Gostou?

Então curta nossa página no Facebook, siga-nos no Twitter e, principalmente, receba notícias por e-mail.

Um comentário: