quinta-feira, 12 de março de 2009

Debates sobre as relações entre literatura, sexualidade e teatro em São Paulo

A partir do dia 10 de Março de 2008, às 20h30, o Núcleo Cênico ProjetoBaZar, em parceria com o Casarão do Belvedere (Rua Pedroso, 267),  promove “Que amores São Esses?” – uma série de três encontros  (dias 10, 17 e 24 de março de 2009) para discutir as relações entre Literatura, Sexualidade e Teatro. Os encontros fazem parte do projeto/espetáculo SEXO VERBAL, em que o grupo pesquisou por dois anos formas de teatralizar questões sobre sexualidade levantadas por autores da literatura brasileira. O espetáculo resultado da pesquisa estreou em Dezembro de 2008 e segue em cartaz até 25 de Abril de 2009.

[caption id="attachment_552" align="alignright" width="200" caption="Que Amores São Esses? - Literatura, Sexualidade e Teatro"]Que Amores São Esses? - Literatura, Sexualidade e Teatro[/caption]

PROGRAMAÇÃO:

10 de Março: Sexualidade em cena.
Ferdinando Martins e Carmem Gomide

- A censura à sexualidade no teatro paulista, de 1930 a 1970. Ainda hoje existe a censura moral?
- A experiência de Carmem Gomide da montagem do espetáculo de Dança “Corpo Erótico”.

17 de Março: Sexualidade e Literatura
Marcus Aurélius Pimenta, Marcelino Freire e Rodrigo Levino


Como a literatura nacional trata das questões da sexualidade nos diferentes períodos históricos? Quais autores trabalharam com isso? Como é escrever tendo como tema a sexualidade hoje?

24 de Março: Literatura e Teatro
Berenice Raulino, Zernesto Pessoa, Carlos Canhameiro e Paulo Maeda


De que maneiras a literatura pode ser transformada em cena? Adaptação e Teatralização, qual a diferença? Como se deram as adaptações ou teatralizações da literarura, em espetáculos da Cia do Feijão e da Cia Les Commediens Tropicales?
Breve perfil dos participantes:
Ferdinando Martins
Jornalista, sociólogo e produtor cultural. Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo. Docente e pesquisador da Escola de Comunicações e Artes da USP. Coordenador de Gestão da Informação do Arquivo Miroel Silveira. Realiza a pesquisa de pós-doutorado Corpo, Comunicação e Censura: Um Estudo a partir do Arquivo Miroel Silveira, sobre a censura à sexualidade no teatro paulista, de 1930 a 1970. Crítico de teatro do site Aplauso Brasil/iG e da Revista Cartaz (Editora Empreendedor). Professor de Dramaturgia no Projeto Bixigão, do Teatro Oficina. Co-fundador da Rede Brasileira de Comunicadores GLS. Colaborador de sites, revistas e jornais nas áreas de cultura e sexualidade.

Carmem Gomide
Bailarina, coreógrafa e pesquisadora em dança contemporânea e performance art. Autora das obras: Terra Estranha, La Danaide, Corpo Jubiloso: Carne Selvagem, Adiamento, entre outras. Como coreógrafa participou do projeto O Feminino na dança, no Centro Cultural São Paulo, como convidada das Bienais do Sesc Santos de 2000 e 2002, de projetos de fomento à dança em parceria com a Cultura Inglesa, Instituto Goethe, Cooperativa Paulista dos Bailarinos Coreógrafos e Festival de Inverno de Ouro Preto . Em 2001, ganhou o Prêmio Encena Brasil, da Funarte, pelo projeto 8 Dogmas Novas Dobras, juntamente com o núcleo Tandanz, com a coreografia Adiamento,sob a direção de Renato Cohen. Estreou (re)volta em setembro de 2006, trabalho de pesquisa em dança e performance, sob a direção da atriz e coreógrafa Mariana Muniz, na Galeria Olido em SP e recebeu os prêmios Klauss Vianna e Caravana Funarte Petrobrás de Circulação Nacional, ambos pela Funarte. Além disto, foi agraciada com o prêmio para criação de espetáculo novo pelo 11o Festival Cultura Inglesa, “Corpo Erótico”, apresentado em maio de 2007.

Rodrigo Levino
Rodrigo Levino, escritor potiguar, lançou em 2006 o livro “Aos pedaços”, uma coletânea de contos curtos, com prefácio de Nando Reis e apresentação de Rita Apoena.
Escreve para as revistas Piauí e Playboy e mantém uma coluna diária n’O Jornal de Hoje, em Natal/RN, sobre discos, filmes e livros.

Marcus Aurélius Pimenta
Jornalista, escritor, co-autor em parceria com José Roberto Torero dos livros “Terra Papagalli”, “Os vermes”, “Santos”, “Futebol é bom pra cachorro”, “Nonô descobre o espelho”, “Nuno descobre o paraíso” e “Naná descobre os deuses” (os dois últimos, assim como “Terra Papagalli”, premiados pelo Programa Nacional Biblioteca na Escola - PNBE). Assina o roteiro do longa-metragem “Família vende tudo”, juntamente com Alain Fresnot. Como roteirista, trabalhos em séries das redes de televisão Globo, SBT, Futura, Discovery Kids e Canal Brasil. Atualmente presta serviços para a Rede Record.

Marcelino Freire
Nasceu em 1967 em Sertânia, PE. Vive em São Paulo desde 1991. É autor, entre outros, dos livros de contos "BaléRalé" (Ateliê Editorial, 2003), "Contos Negreiros" (Record - Vencedor do Prêmio Jabuti 2006) e "RASIF - Mar que Arrebenta" (Record, 2008). Em 2004, idealizou e organizou a antologia "Os Cem Menores Contos Brasileiros do Século" (Ateliê). É o criador da BALADA LITERÁRIA, que reúne anualmente, no bairro da Vila Madalena, mais de cem escritores, nacionais e internacionais. Para saber mais sobre autor e obra, acesse: www.eraodito.blogspot.com
Berenice Raulino
É pesquisadora e professora de teatro no Instituto de Artes da Unesp no qual organizou o ciclo Teatro Paulista Contemporâneo e o evento Teatro de Grupo de Teatro.  É autora do livro Ruggero Jacobbi - presença italiana no teatro brasileiro e tradutora do livro O Teatro Laboratório de Jerzy Grotowski 1959-1969. Atualmente desenvolve pesquisa  sobre a narrativa no teatro e coordena o Programa de Pós-graduação em Artes daquele instituto.

Zernesto Pessoa
Ator, dramaturgo, iluminador e co-diretor da Companhia do Feijão.

Carlos Canhameiro
Ator, dramaturgo e diretor. Formado em Artes Cênicas pela Unicamp, onde desenvolve mestrado na área de Arte e Mediação com orientação de Marcio Aurelio. Estudou dramaturgia com Sérgio de Carvalho e Luis Alberto de Abreu. Escreveu as peças: Ensaio sobre a História do Diabo, dirigida por Bia Szvat. Ensaio Sobre a Queda, leitura dirigida por Marcelo Lazzaratto. Stirkoff, dirigida por Carlos Canhameiro (Vencedora do prêmio Melhor Texto no 9º Festival de Curta Teatro de Sorocaba). A Vida Como Ela [Não] É!, dirigida por Carlos Canhameiro.
Como ator, participou dos espetáculos: CHALAÇA a peça, encenado por Marcio Aurelio (indicado a Prêmio Qualidade Brasil 2006 – Melhor Ator Comédia). Errantes, dirigido por Ana Roxo. Galvez Imperador do Acre, encenado por Marcio Aurelio. Feche os olhos e voe ou guerra brava 5, dirigido por Tilmann Koehler. Terror e Miséria no III Reich, encenado por Marcelo Lazzaratto. E dos curtas-metragens: Amor em Óleo e A Cena Perfeita, ambos como ator.

Paulo Maeda
Ator, diretor e dramaturgo, formado pela Universidade Estadual Paulista em Educação Artística com Habilitação em Arte Cênicas. Fundador e ator da jovem Cia. Bruta de Arte e fundador e diretor do jovem Grupo Sacranau dos Loucos.

Núcleo Cênico ProjetoBaZar
O ProjetoBaZar surgiu em 2001 com uma proposta de produzir eventos culturais e desenvolver seu próprio núcleo de pesquisa teatral. A pesquisa inicial era sobre o livro de José Roberto Torero Xadrez, Truco e outras Guerras, que aborda o pecado da ira e é livremente inspirado na Guerra do Paraguai. Em 2006, após cinco anos de pesquisa, adaptação, ensaios abertos, o espetáculo IRA estreou, cumprindo temporada nas cidades de São Paulo e Guarulhos. Em 2007 retornou temporada em São Paulo a convite do Teatro Aliança Francesa.
SERVIÇO:
Que Amores São Esses
Encontros sobre as relações entre literatura, sexualidade e teatro.

De 10 a 24 de Março
Terças às 20h30
Entrada Franca
Retirar ingresso com uma hora de antecedência.
Local: Casarão do Belvedere
Rua Pedroso, 267. Metrô São Joaquim/São Paulo. Tel: 3266 5272


Informações para imprensa: Canal Aberto Assessoria de Imprensa
Márcia Marques - (11) 3798 9510 / 2914 0770/ 9126 0425
www.canalaberto.com.br

2 comentários:

  1. Estou elaborando um projeto de pesquisa e tenho como tema a presença da homossexualidade na literatura brasileira. É uma pena que eu more tão longe. Gostaria de pedir, se não for incomodar, fontes, textos, obras ou estudiosos que abordem este assunto. Muito obrigado.

    ResponderExcluir
  2. I have to tell you that it's hard to find
    your articles in google, i found this one on 13 spot, you
    should build some quality backlinks in order to rank your
    site, i know how to help you, just type in google - k2 seo tips and tricks

    ResponderExcluir